.

segunda-feira, 23 de junho de 2008




Diz a bata branca: Diga lá D. F. o que quer para o lanche: chá ou leite com café? Um pão com doce ou com manteiga? Diga lá.

_ ela limita-se a olhar a bata branca, depois olha para mim, faz um sorriso e encolhe os ombros.

Adivinho-lhe o que pensa- cambada de atrasadas mentais, incompetentes, fora de órbita. Estou aqui há uma semana, dia e noite, e ainda não sabem que perdi a fala que tenho de comer tudo passado porque ainda não reaprendi a mastigar? E não sabem que não posso comer doces porque tenho a glicemia alta devido a um medicamento que estou a tomar? E também ainda não sabem que não gosto de leite nem dos seus derivados conforme está escrito no meu processo?

Falo por ela. Sei o que quer. Bolachas que desfaço e amoleço dentro da chávena de chá que lhe vou dando, devagarinho.

A bata branca sai e no dia seguinte faz-lhe a mesma pergunta...

_______________________________________________________

Ela está cansada de estar sentada na cadeira de rodas, não quer ficar mais a ver tv que com o barulho nada se ouve e cansa. Levei-a para o quarto porque queria deitar-se.

Vou falar com a bata branca. digo-lhe que a doente x está cansada que quer deitar-se, para fazer o favor de... A bata branca segue-me até ao quarto e pergunta-lhe:

_ quer ir para a cama ou quer ir para a sala da televisão?

ela aponta para a cama.

- repete a bata branca: Quer ir para a sala da televisão?

ela olha para a bata branca e aponta para mim porque eu sei o que ela quer.

Eu digo: ela quer deitar-se, está cansada.

repete mais uma vez a bata branca: Então quer ficar na cadeira não é?

ela desiste e a bata branca sai. menos um trabalho que julgava fazer naquele dia...

Eu vou atrás da bata branca e a sós...

Ela quase a chorar diz-me: hoje já é a segunda vez que me chamam a atenção por obrigar os doentes a"dizerem-me aquilo que eu quero ouvir". continua a falar e diz-me - talvez tenha escolhido a profissão errada.

digo-lhe que sim, que talvez tenha de repensar a profissão que escolheu...

__________________________________


(desculpem-me não vos visitar. há 15 dias que os meus olhos não olham as flores do meu quintal...
____e
há sentimentos que se "vivem solitários" não por condição mas por necessidade ou catharse.

Bjs enormes a todos.as)

17 comentários:

Alice Matos disse...

Mié... querida... espero que estejas bem... Dá notícias, tá?

Quanto ao teu post... como o entendo...

Beijo grande para ti...

alice disse...

um texto revelador da forma como por vezes tratamos os mais velhos. eu tenho uma avózinha de 89 anos e espero que ela nunca tenha que passar por uma situação destas. um grande beijinho, mié. até breve *

Mié disse...

obrigada pelas vossas palavras.

Alice a minha irmã tem só 52 anos e sempre foi muito activa, forte, lutadora e amante da vida.

Tinha uma profissão desgastante é verdade... gestora financeira... andava sempre a fazer cursos o último foi na Lusíada o Master em gestão de publicidade e audiovisuais ( acho que é mais ou menos este o nome), área onde trabalhava.

Só para dizer que não é uma idosa nem da 3ª idade :).

No mesmo quarto estão mais duas senhoras com o mesmo problema, avc...uma com apenas 27 anos e outra com uns trinta e seis...

Um beijo

Ana Paula disse...

Mié, o teu relato é tão realista! Infelizmente, conheço bem o ambiente que descreves.

É uma área profissional na qual, sem vocação, não é possível trabalhar. É a minha opinião sincera. Podem estar lá e fazer umas coisas mas não são verdadeiros profissionais de saúde. O desgaste a que estão sujeitos, quando assim é, agudiza-se. É importante sabermos o que se passa para tentar mudar um pouco este tipo de situações. Muito... é capaz de ser impossível, a curto prazo. :(

Admiro a tua força!

Um abraço solidário! :)

isabel mendes ferreira disse...

do mistério das batas brancas...ou do branco das almas que se tapam com batas...
:(


conheço.


.


e dá-me.nos as tuas flores.
únicas. como beijos redentores.



.


sou.te. muito.

M. disse...

Mié não peças desculpa por algo que tão bem sabemos. Dá-te ao teu tempo. o que for preciso.
As gentes esperam-te por aqui.
Já andam muitas a dispersar-se para os descansos de Verão.

Sabes essa da bata branca.. nem te conto.. recordaste-me uma cena de há três anos com uma. Ler esta deu-me uma vontade de lhe pregar uma valente estalada e berrar-lhe aos ouvidos que ouça os doentes e não o que quer ouvir..
(desabafo..)

abraço grande Mié

alice disse...

belíssima esta fotografia de cabeçalho :) um grande beijinho, mié. bom fim de semana *

Fernanda disse...

Olá Mié


O tempo recompoem,...sempre,...o mais dificil,...acredito que sim.


Um abraço (maria soares)

Nota: Sei do que falas...
Há batas brancas...que têm o cérebro em branco...

PiresF disse...

E sentimo-nos impotentes e apetece-nos agarra-los(las) e dar-lhes um valente safanão. Enfim… é só mais um emprego, não uma profissão onde o dar devia ser primordial.
As melhoras da tua irmã.

Grande abraço.

PiresF disse...

PS: um relato comovente.

jasmimdomeuquintal disse...

A vida por vezes prega-nos partidas, duras partidas...
Até breve!

jasmimdomeuquintal disse...

A vida por vezes prega-nos partidas, duras partidas...
Até breve!

casa de passe disse...

mié,

compreendemos-te bem (até o João!)

estamos contigo

ouve, se quiseres rir com disparates, vem até á nossa casa..




(Loulou + Nini sem a Alice e muito menos o João)

Geraldo Maia disse...

Olá querida Mié,
Estive ausente por um certo tempo das visitas ao teu blog, o qual continua muito belo e expressa muito dos teus pensamentos.
Estive trabalhando na construção de um blog, o qual no momento ja esta em atividade e se refere mais à fotos.
Pederia a tua gentileza de colocar o meu link na sua relação para este novo endereço de meu blog.
Lembranças cordiais do Brasil:
Geraldo

isabel mendes ferreira disse...

flor.

flor.

flor.


flor.


flor.


flor.

flor.


tu.

M. disse...

F
L
O
R !!!!


ela disse. eu repito.

isabel mendes ferreira disse...

e eu levo...a flor!

:)


prontoSSSSS!

que tem manda assim desafiar-me-nos?



F L O R!!!!!

ARQUIVO


View My Stats
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!